DENÚNCIA: Psicólogo detona o Conselho de Psicologia por intimidar eleitores de Bolsonaro


Que o Conselho Federal de Psicologia foi aparelhado por ativistas políticos, isso já não é mais novidade para quem vem acompanhando o Opinião Crítica. Todavia, a manifestação cada vez mais contundente e explícita contra essa autarquia, partindo de profissionais renomados, isto sim tem chamado atenção.

Um desses profissionais é o professor e psicólogo, pesquisador da Universidade de São Paulo, Adriano Lima. Ele é conhecido não apenas por suas palestras sobre saúde mental, como por participar de audiências públicas e dar entrevistas sobre temas relacionados.



Mestre em psicologia, Adriano publicou um vídeo fazendo graves denúncias contra o Sistema Conselho de Psicologia (unidade federal e regionais), dizendo que recebeu de uma colega a publicação de uma unidade regional com insinuações direcionadas aos psicólogos favoráveis ao candidato Jair Bolsonaro.

Ele disse que o material visa intimidar os psicólogos que votam em Bolsonaro e que isto é resultado do "aparelhamento ideológico" da esquerda no Sistema Conselho. Apesar disso, o profissional fez questão de frisar que o Conselho Federal de Psicologia não tem o poder de perseguir os profissionais e que tal conduta viola a sua competência legal, que é de regulamentar e fiscalizar o exercício da profissão.

Assista a denúncia completa abaixo:



COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.