Jogador Marcelo aceita condenação de quatro meses de prisão por crime fiscal, em Madri


O lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, pagará 753.624 euros (mais de R$ 3,5 milhões) por fraude fiscal no imposto de renda, após ter confirmado um acordo com a Promotoria provincial de Madri na quarta-feira passada.

De acordo com a acusação, feita em outubro do ano anterior, o brasileiro fraudou a Fazenda espanhola em 490.917,70 de euros (cerca de R$ 2,33 milhões) em 2013. Fontes jurídicas informaram à Agência Efe que Marcelo compareceu a um tribunal de Madri para ratificar o acordo que havia sido apalavrado há meses.



O pacto com a Promotoria significa que o jogador aceita uma condenação de quatro meses de prisão por crime fiscal e o pagamento de 753.624 euros, o que deverá ser confirmado pelo juiz em uma sentença.

Se o juiz decidir substituir a pena de prisão por uma multa, a quantia a ser paga pode chegar a aproximadamente 800 mil euros (R$ 3,8 milhões).

O Ministério Público espanhol acusou o jogador brasileiro de ter criado um esquema para ocultar o dinheiro recebido por direitos de imagem.

Comentário:

A fama internacional de que o Brasil é "o país da corrupção" não é por acaso. Olhamos para os políticos e temos muita razão para criticá-los, mas o que dizer de brasileiros, cidadãos comuns e personalidades que carregam o nome da Pátria no uniforme, cometendo os mesmos delitos de corrupção?



Ter a foto do jogador Marcelo, nível seleção brasileira, estampada nos principais jornais esportivos do mundo como um brasileiro que "fraudou a Fazenda espanhola", é tão vergonhoso quanto a imagem de um ex-presidente detido por crime de corrupção.

De fato, o Brasil precisa ser refundado. Precisamos enterrar de uma vez por todas não só a velha política, mas os alicerces sobre os quais ela foi construída. O "jeitinho brasileiro" precisa ser excluído ou convertido apenas para o bem. Caso contrário, continuaremos como "república de bananas".

Fonte: EFE
Comentário: Will R. Filho 

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.