Em vídeo para o Brasil, Rabino defende Bolsonaro e pede aos judeus que votem nele


O rabino Shalom Beer Solomon gravou um vídeo se posicionando acerca da política no Brasil, dizendo que vivemos em uma circunstância onde o candidato Jair Bolsonaro representa a melhor opção para quem defende os valores judaicos e cristãos.


Shalom Beer Solomon já foi o rabino da comunidade judaica de Niterói, no Rio de Janeiro, apesar de ser natural de Israel. Atualmente vivendo em seu país de origem, no Monte Carmelo, ele disse que o momento político em que vive o Brasil exige um posicionamento acerca dos candidatos à Presidência da República.


"Apesar de em geral eu pensar que não devemos misturar religião com política, devido a especial circunstância que estamos vivendo no Brasil, eu quero deixar algo muito bem claro", disse ele em um vídeo publicado em uma página dedicada aos comentários semanais da Torá, chamado de "parashá".

"Nessas eleições devemos votar em uma pessoa que os seus princípios representam os nossos princípios, ou seja, os valores judaico-cristãos. Uma pessoa que luta pela família, pelo amor, pela justiça, e ter acima de todos Deus no coração. Ou seja, nessas eleições o meu voto, e eu estou falando como judeu, rabino e cidadão brasileiro, vai para Jair Messias Bolsonaro", disse o rabino.

A orientação do rabino quanto ao voto possui um peso muito importante na comunidade judaica do Rio de Janeiro, assim como do país. No ano passado, por exemplo, a Câmara Municipal de Niterói autorizou uma Moção de Homenagem ao rabino Shalom Beer Solomon, por seus serviços prestados no município enquanto esteve na liderança da sinagoga local.


"Fiquei honrado com a Moção de Congratulações aprovada pela Câmara Municipal de Niterói em reconhecimento a minha atuação como rabino da comunidade israelita de Niterói", escreveu o rabino em setembro passado.

É apenas um voto e não um casamento


O rabino explicou que não é preciso concordar com todas as propostas de Bolsonaro, uma vez que não se trata de uma decisão permanente, mas a oportunidade de lhe dar uma chance de governar, apostando nos pontos comuns que ele defende em favor dos valores judaico-cristãos.

"Você não precisa concordar com a pessoa em todos os assuntos. Para eleger a ser Presidente da República, não devemos casar com ele, mas apenas votar nele, e Bolsonaro nessa situação que estamos vivendo hoje é a pessoa que mais representa os nossos valores tradicionais, de uma tradição milenar. Uma tradição pela família, uma tradição pela justiça contra a corrupção. E é uma pessoa que sempre coloca Deus acima de todos", destaca Solomon.


Por fim, o líder judeu manda uma mensagem direta para Jair Bolsonaro, invocando às bençãos do Senhor e pedindo proteção para sua vida. "Eu gostaria daqui, da Terra Santa, mandar essa mensagem para vocês, colocar um posicionamento claro e abençoar Bolsonaro. Que Deus lhe dê muita sabedoria, que lhe guie e o guarde de todos os males. Fiquem com Deus, shalom!", conclui.

Assista a fala do rabino no vídeo abaixo:



COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.