Após sofrer ameaças, candidatura de psicóloga "conservadora e cristã" dispara no Paraná

Se a intenção de alguns ativistas LGBT é "destruir" a candidatura da psicóloga Marisa Lobo ao cargo de deputada federal pelo estado do Paraná, o plano parece que não está dando nada certo


A psicóloga Marisa Lobo denunciou recentemente em suas redes sociais que estava sendo vítima de ameaças de um grupo LGBT que havia prometido lhe "destruir", principalmente, pelo anúncio da sua candidatura ao Congresso.



Nas imagens divulgadas pela psicóloga o grupo afirma em tom de ameaça que "a hora dela está chegando", fazendo referência também à presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), a petista Gleisi Hoffmann, como alternativa política contra Marisa Lobo.

Todavia, desde a publicação das denúncias e a oficialização da sua candidatura no último dia 15, Marisa Lobo disse ter ocorrido um aumento de 400% nas procuras por seu nome e em contatos para apresentar suas posições políticas.

"Agora podem gritar, sou oficialmente candidata a deputada federal pelo Paraná. Meu número é 7070. Paraná terá uma deputada a altura", escreveu ela em sua página, comemorando a oficialização do seu nome e a evolução da campanha.



Com pautas conservadoras e conhecida como "psicóloga cristã", Marisa Lobo também fez questão de manifestar apoio à Lava Jato, operação que é coordenada pelo procurador Deltan Dallagnol, membro da mesma igreja frequentada por Marisa, no Paraná.

"Serei sim a voz da Lava Jato e das 70 medidas contra corrupção", destacou ela em outra ocasião, comemorando também o destaque positivo na campanha do seu correligionário e candidato ao Governo do Paraná, Ratinho Júnior.

"Obrigado Paraná pela confiança, já são 45% dos paranaenses que estão conosco. Cansados da velha política, das mesmas famílias governando nosso estado. É hora de enxugar a máquina pública para investir em segurança, saúde, educação e infraestrutura, melhorando nossa economia", escreveu a psicóloga.

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.