Gibi contra a ideologia de gênero é lançado pela CBB: "É uma grande ferramenta para os pais", diz psicóloga

gibi viva a diferença da convenção batista
Convenção Batista Brasileira lança o gibi "Viva a Diferença", para combater  a ideologia de gênero. Na foto, da esquerda para a direita, o Presidente da CBB, Pastor Luiz Roberto Sivaldo, a Psicóloga Marisa Lobo e o Diretor Executivo da CBB, Pastor Sócrates Oliveira de Souza. 

Foi lançado ontem em Curitiba, na Igreja Batista do Bacacheri, o gibi "Viva a Diferença", produzido pela Convenção Batista Brasileira (CBB) em parceria com vários profissionais, entre eles a psicóloga Marisa Lobo, visando combater a disseminação da ideologia de gênero nas instituições batistas e sociedade em geral.

O gibi pode ser baixado gratuitamente pelo site Viva a Diferença, que descreve o objetivo do material da seguinte forma:


"O Projeto Viva a Diferença é um movimento organizado pela Convenção Batista Brasileira e Igreja Batista do Bacacheri – Curitiba/PR. Juntas desenvolveram um Gibi gratuito com o objetivo educar nossas crianças cristãs, conforme ensinamentos bíblicos, verdade biológica e direitos adquiridos pela Constituição Federal".

A psicóloga Marisa Lobo foi a responsável pelo texto do gibi, que possui 15 páginas. Ao entrar em contato com a profissional, que é autora do livro "Ideologia de Gênero na Educação" e "Famílias em Perigo", ela disse ao Opinião Crítica que se trata de uma ação conjunta da CBB com às instituições batistas em todo o mundo:

"A convenção garantiu que serão atingidos 2 milhões de batistas. Vão colocar este gibi nas mãos de cada batista no mundo", disse Marisa. "O Conselho de pastores garantiu que irá distribuir durante  a marcha pra Jesus. Varias igrejas estão se mobilizando para imprimir o gibi e evangelizar com ele".

Esta é a segunda iniciativa da CBB de forma contundente contra a influência da mídia sobre questões envolvendo a sexualidade. O objetivo é orientar os batistas e evangélicos em geral sobre o que a Bíblia realmente ensina sobre o tema. Recentemente, a Ordem de Pastores Batistas também emitiu uma nota esclarecendo sua posição sobre a homossexualidade.

Psicóloga diz que gibi "Viva a Diferença" atingiu o coração dos pais e das crianças


Ainda comentando sobre o lançamento do gibi Viva a Diferença, a psicóloga Marisa Lobo disse que o material teve boa aceitação, e que a Convenção Batista conseguiu alcançar o coração e entendimento dos pais e das crianças sobre o assunto no ato de lançamento:

"Todos os presentes receberam muito bem o gibi, crianças lendo na hora, impactadas. Creio que atingimos o coração e a mente das crianças e dos pais", disse ela, afirmando também que o gibi é uma forma dos pais e líderes orientarem seus filhos contra ideologia de gênero, porém, de forma simples e acessível ao entendimento das crianças.


Outro ponto destacado pela psicóloga foi que o material busca orientar, porém, tomando o cuidado para não discriminar pessoas que pensam diferente sobre o assunto, ou mesmo que se identificam como "transgêneros":

"E uma grande ferramenta para os pais poderem falar do assunto sem discriminar quem quer que seja. A linguagem é suave, de senso comum e divertida. O gibi trouxe os conflitos, as curiosidades geradas pelos professores e pela própria mídia, concertando as concepções errôneas", disse Marisa.

Para baixar gratuitamente o gibi na versão digital, clique AQUI ou acesse: http://www.vivaadiferenca.com.br 


COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.