"Por que não tenho que entender tanto de Medicina, já que vou indicar o Ministro da Saúde?"


Virtual candidato à Presidência da República em 2018, o Deputado Federal Jair Messias Bolsonaro questionou a razão de ser muito perguntado sobre economia, sugerindo que para ser Presidente não é necessário ser especialista em cada área de governo.


A resposta veio após ser questionado pelo jornalista Cláudio Dantes, do site O Antagonista, enquanto se dirigia para um dos seus compromissos. Criticado por alguns por supostamente não ter conhecimento na área econômica de forma suficiente para ser o Presidente do Brasil, Bolsonaro respondeu às críticas alegando que é necessário "escalar o time certo" para governar, citando a época do regime militar como exemplo:

"Você fala tanto em economia... Se eu tenho que entender tanto de economia, porque eu não tenho que entender também de Medicina, já que vou indicar o Ministro da saúde? Entender de pecuária, já que vou ter que indicar o Ministro da agricultura? Você pode ver... O período que o Brasil mais cresceu na economia qual foi? O período militar. Cinco presidentes militares. Qual deles era formado em economia?", questionou o Deputado ao jornalista.


Esta semana Jair Bolsonaro também foi entrevistado pela jornalista Mariana Godoy na Rede TV! e teve trecho da matéria publicada no site da revista EXAME. De forma claramente tendenciosa para um canal de jornalismo informativo (diferente de ser opinativo), a matéria sugere que Bolsonaro "desconversa quando o assunto são as propostas econômicas para o país".

A resposta do Deputado, no entanto, foi semelhante à que prestou ao jornalista de O Antagonista:

“O que o pessoal exige de mim de entendimento em economia, então teria que exigir o conhecimento em medicina: eu vou indicar o ministro da Saúde. Tem que ter um entendimento em questão de Forças Armadas: vou indicar o ministro da Defesa. O entendimento na questão da agropecuária: vou indicar o ministro da Agricultura. Então é um exagero nessa parte aí".

O que se percebe, na verdade, não é o domínio do potencial candidato à Presidência Jair Bolsonaro sobre economia, mas sua sinceridade quanto ao fato de não poder opinar sozinho sobre esse e outros temas. A grande mídia, por outro lado, ciente disso, procura explorar esse aspecto como tentativa de rotular o candidato como alguém incapaz de governar o país.

Visões políticas à parte neste site que é por natureza opinativo, fica evidente que a resposta de Jair Bolsonaro sobre o tema economia é uma forma de escape, visto que nada impediria de opinar caso pudesse adiantar aos seus leitores em potencial sua visão econômica de governo. Por outro lado, esse "escape" lhe dá condições de reconhecer não apenas suas limitações administrativas, como também o óbvio - de que depende de uma equipe - e não poderá governar sozinho.

No final das contas, o que o eleitor terá que colocar na balança não será apenas o plano de governo de um candidato, seja ele qual for, mas sua estratégia de equipe e outros aspectos como sinceridade/honestidade e disposição de confrontar os velhos esquemas políticos que por décadas dominaram o país.

Assista o vídeo:



Por: Will R. Filho

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima