Em desabafo, Padre Paulo Ricardo diz que se "envergonhou de ser católico" e que evangélicos representam o cristianismo no país


Conhecido por sua postura marcante diante de assuntos polêmicos em rede nacional, o Padre Paulo Ricardo fez um desabafo sobre a falta de atitude dos católicos e da Igreja Romana sobre questões políticas que ameaçam os valores familiares e a fé cristã.


Nos últimos meses temos observado como alguns líderes católicos, padres em geral, estão começando à se manifestar sobre assuntos "polêmicos" envolvendo política, cultura, valores familiares e sexualidade. Parte dessas manifestações foram motivadas após várias empresas, como o grupo Globo e suas mídias (TV, jornais, sites e revistas), Avon e até a OMO, decidirem fazer uma campanha em massa promovendo a ideologia de gênero, despertando a ira da absoluta maioria da população.


Famoso no meio católico por sua luta em favor da concepção cristã de família, através de vídeos, programas de TV, artigos, palestras e audiências públicas, o Padre Paulo Ricardo, também apelidado por alguns críticos como o "Silas católico" (em referência ao pastor Silas Malafaia), fez um desabafo que está repercutindo rapidamente nas redes sociais. Nele, o padre afirma:

"A igreja Católica está domesticada. Os evangélicos são os que estão representando o Cristianismo em nosso país. Você que é Católico e ouve isso não fica envergonhado? Eu me envergonhei de ser Católico".

O padre Paulo Ricardo se refere ao conformismo de muitos católicos que não se manifestam contrários ao avanço de ideologias e ações políticas que ameaçam os princípios cristãos, acusando a Igreja Católica de estar sendo "domesticada" pelo Estado. Devido à isso, o padre afirma que os evangélicos estão sendo a maior força de resistência e combate à alguns setores da sociedade (grupos organizados) que pretendem destruir os valores cristãos no país, dizendo também serem eles, os evangélicos, aliados da Igreja nessa batalha.

O vídeo, na verdade, apesar de ser um desabafo, também soa como uma convocação aos líderes católicos do país para se unirem em torno dos mesmos objetivos, incluindo os evangélicos. Ao que parece, o momento atual exige que diferenças históricas e teológicas sejam postas de lado em prol de uma união por causas maiores, comuns, em que ambos os grupos, evangélicos e católicos concordam.

Assista o vídeo abaixo:



Por: Will R. Filho

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima
Anônimo
28 de outubro de 2017 21:01

Os católicos são o gado fiel e alienado da rede globo lixo. Então dizem amém para todo lixo que a globo lixo produz

Resposta
avatar