Após assistir depoimento, Professora prova que Lula é o que melhor representa o brasileiro - Entenda


Professora de História publicou um relato comparando o depoimento do ex-Presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, com o desempenho de alunos em sala de aula. 


A Professora e Mestre em História (UFPB), Giuliana da Matta, postou em sua página pessoal no Facebook um relato fazendo comparação entre o desempenho de alguns alunos com o depoimento do ex-Presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, prestado ontem, dia 13/09/17 em Curitiba-PR.


Na postagem ela conclui que Lula é o Presidente "...que melhor representa o brasileiro", apresentando como prova disso o exemplo de alguns diálogos com alunos.

Leia o relato completo abaixo:

"Das duas horas de depoimento, disponíveis na internet, do Lula, eu assisti uma. E, como professora, devo afirmar: ele é realmente o presidente do Brasil, o que melhor representa o brasileiro. E provo isso com alguns diálogos da minha realidade em sala de aula:

A)

Eu: Respondam a atividade número 3 da página 159.
Aluno: Professora, é pra fazer a 1, a 2 e a 3?
Eu: Não, apenas o número 3!
Aluno: E qual é? EU NÃO SEI.
Eu: (respiro fundo)

B)

Eu: Leia a página 140 do livro. (Tempo) Sobre o que trata o texto? (resposta mínima: o título do texto).
Aluno: NÃO SEI.
Eu: (respiro mais fundo ainda)

C)

Eu: Fez a atividade que passei para casa?
Aluno: EU NÃO SABIA
Eu: Mas você estava na sala ontem, no memento em que passei a tarefa.
Aluno: Professora, sabe o que é.... (interrompo)
Eu (que não tenho o sangue frio do Moro): Não, não sei e não quero saber.

Agora percebo que preciso observar melhor esses meus alunos (displicentes e irresponsáveis), um deles pode ser o futuro Presidente do país, afinal, discurso de Presidente já tem.

Só lamento pelos excelentes alunos, que graças a Deus, em número cada vez maior, sofrerão na mão dessa gente como eu e seus pais sofremos hoje.

Mas ainda acredito que os bons prevalecerão."

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima