Bispo católico afirma que homossexualidade é um "dom de Deus" sob aplausos da igreja


Sob aplausos da igreja e perplexidade de alguns, o Bispo católico Dom Antônio Carlos Cruz Santos resolveu contrariar a lógica e rasgar a doutrina bíblica para afirmar que a homossexualidade é um "dom de Deus".


Ele é de Caicó, no Rio Grande do Norte, e está causando perplexidade entre os católicos após um vídeo onde foi gravado comentando sobre sexualidade ter sido viralizado nas redes sociais. Na gravação, Dom Antônio tenta demonstrar a diferença entre "opção" e "orientação sexual", dizendo que a orientação sexual é uma coisa que alguém um dia "se descobre".


A fala ocorreu, ao que parece, durante uma cerimônia religiosa no último domingo (30). O fato é que Dom Antônio, independente da sua melhor intenção, falou bobagens e errou grosseiramente não apenas no âmbito científico, mas principalmente no teológico.

Querendo transmitir uma mensagem de acolhimento aos homossexuais, o Bispo misturou "alhos com bugalhos", transformando sua fala em uma verdadeira promoção do comportamento homossexual entre os fiéis.

Ele sugere que o homossexual "nasce" homossexual, ao dizer que não é uma opção. Ora, é verdade que a homossexualidade, sendo uma orientação sexual, pode não ser uma opção, visto que muitos homossexuais adquiriram essa orientação ainda muito novos, quando crianças, devido à múltiplos fatores ou a fatos isolados. Para esses, a homossexualidade realmente não foi uma opção. Para entender melhor, clique aqui e aqui.

Veja o vídeo:


Todavia, como orientação sexual, a homossexualidade também pode ser uma escolha consciente, visto que é também uma - construção - social acerca da identidade sexual do sujeito. Do contrário, não faria o menor sentido o termo "orientação", visto que ele se aplica apenas ao aspecto social e não ao biológico. Portanto, sob à perspectiva social e considerando que o ser humano está sempre em transformação, se o sujeito possui consciência acerca das suas preferências e identidade como um todo, é porque há sempre a possibilidade de escolha.

Controvérsia do ativismo LGBT sobre orientação sexual "inata" e ideologia de gênero


A verdade é que os próprios ativistas LGBTs não sabem mais no que acreditar sobre isso. Por muitos anos, especialmente na década de 90, tentaram fazer acreditar que existia um "gene gay", para dizer que a homossexualidade é de "nascença". Não sendo possível essa afirmação e ficando ultrapassado os estudos que tentaram encontrar o tal "gene gay", o ativismo assimilou então a ideologia de gênero, focando no "discurso" e na construção cultural da identidade de gênero para tentar legitimar seus objetivos.

Dessas forma, nem mesmo os ativistas LGBTs modernos podem dar respaldo ao Bispo Dom Antônio, já que se afirmarem que a homossexualidade é um "dom" de Deus ou mesmo uma orientação sexual inata, estarão reconhecendo, por via da lógica, que existe uma natureza sexual, contrariando assim a ideologia de gênero que defende justamente o contrário.

O erro teológico do Bispo Dom Antônio


Ao citar casos trágicos que apelam para o lado emocional do ouvinte, o Bispo distorce a realidade dos fatos, confundindo causa e efeito, conceito com pre-conceito, ideologia de gênero com Verdade bíblica, misericórdia, compaixão e acolhimento com a aceitação irrefletida de absolutamente tudo, incluindo o que contraria a doutrina bíblica.

Para o cristão minimamente consciente dos ensinos bíblicos, não há problema algum no acolhimento dos homossexuais em suas igrejas. Esse cristão, porém, não confunde o que a Bíblia apresenta como propósito de Deus para a vida humana com as ideologias do próprio ser humano. A homossexualidade, por exemplo, pode ser explicada por várias perspectivas sociais, antropológicas, psicológicas e sociológicas, mas segundo a Bíblia a explicação é uma só: pecado!

"Dons", segundo a Bíblia, são descritos por exemplo em 1 Coríntios 12 e nada tem a ver com comportamento sexual. Os Frutos do Espírito também, citados em Gálatas 5:22, considerados dons por alguns, nada tem a ver com comportamento sexual de qualquer espécie (risos).

De modo geral a Bíblia se refere aos "dons" dados por Deus como manifestações de caráter, habilidades e manifestações espirituais em/ou através de uma pessoa. Portanto, o Bispo "Dom" Antônio além afirmar graves heresias, atribuiu ao próprio Deus a qualidade de um comportamento sexual que Ele mesmo em sua Palavra classifica como "contrário à natureza".

Resta saber: Francisco vai endossar o ensinamento de Antônio?

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima
14 de novembro de 2017 07:55

Fiquei tão feliz de assistir esse vídeo e ver que existe amor para além da intolerância e ódio que vem sendo disceminado no mundo.. Quanta sensibilidade e empatia amorosa tem Dom Antonio, e muito inteligente tb, não conhecia esse video.. obrigada por disponibilizar. Quanto à interpretação de vcs com relação ao que ele disse, me entristece muito, pois da distancia onde falam, não são capazes de perceber a falta de amor nas suas palavras, onde querem encontrar uma razão (e pra mim, e imagino para o que Jesus o seria tb, pelo seu infinito amor, não faz sentido) para justificar tanto preconceito da parte de vcs.. que pena que o vídeo não tocou seus corações gelados e amargurados.. vcs são essas vítimas e tb perpetuadores dessa cultura de exclusão e preconceito. Muto trabalho pela frente, até que o sentimento de empatia e amor vença.. Paz no coração de todos vcs. Jesus é amor, sempre foi, sempre será. Amém.

Resposta
avatar
14 de novembro de 2017 07:58

espero que tenham a hombridade de permitir meu comentário ser publicado, pois só fala de amor.. e não há ofensas.. e se o nome do site é opinião crítica, devem estar abertos a dialogos e outras opiniões.. do contrário, será estranho, no mínimo.. enfim.. abs

Resposta
avatar