Pilantras da fé - Vídeo de Agenor Duque ameaçando subordinados sobre desvio de dízimos e ofertas vaza na internet

Líder da Igreja Plenitude do Trono de Deus (?) aparece em vídeo advertindo seus subordinados em tom de ameaça sobre suposto desvio de dinheiro dado pelos fiéis através dos dízimos e ofertas.


Uma matéria publicada pelo portal Gospel Mais denunciou o que parece ser a desconfiança do autointitulado "Apóstolo" Agenor Duque sobre o desvio de verbas entre os seus subordinados:


"No vídeo, Agenor Duque orienta os pastores a não 'desprezarem' os fiéis que não puderem dar ofertas altas, já que a “conjuntura do país” torna uma oferta de R$ 500 um 'sacrifício'. Acompanhado da diretoria da Plenitude, o líder neopentecostal transmite orientações sobre como a tesouraria de cada filial deve proceder a respeito de ofertas especiais.", diz a matéria.

Sobre a possibilidade de desvio de verbas, "Você não vai ser só excluído, não, você vai pra delegacia […] como um vagabundo”, ameaçou Agenor Duque, se referindo aos "pastores" que estariam desviando o valor dos dízimos e ofertas. Assista:



Observamos que o vídeo foi excluído da sua conta original, o que pode dificultar a visualização do internauta. Todavia, o fato já noticiado expõe, mais uma vez, uma realidade triste no cenário da "fé", que é a exploração da carência emocional e espiritual de milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Esses atos não compactuam com a mensagem bíblica de Jesus Cristo, mas, pelo contrário, evidenciam sua coerência:

"Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos", disse Jesus, segundo relato de Mateus, no capítulo 07 da Bíblia.



Por: Will R. Filho

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima