URGENTE: Filho de Bin Laden convoca islâmicos para guerra e reinicia geração da Al-Qaeda


O filho do antigo líder da Al-Qaeda começou a gravar mensagens de áudio em sites jihadistas onde apela ao martírio e sacrifício em nome da guerra contra os infiéis


Hamza bin Laden, de 28 anos, filho de Osama Bin Laden (morto pelas forças norte-americanas), está começando a seguir as pisadas do pai. Segundo o jornal The Washington Post, começaram a aparecer em sites jihadistas, há duas semanas, gravações com a voz de Hamza, apelando aos combatentes para "infligirem perdas terríveis aos infiéis". "Sigam as pisadas dos que buscaram o martírio antes de vós!", apelou Hamza, numa voz cujo tom lembra o do pai Osama, diz a matéria.


Uma das gravações, de 13 de maio, foi colocada em um desses sites jihadistas apenas duas semanas antes do atentado suicida de segunda-feira em Manchester, Inglaterra. Essa mensagem inclui um apelo específico à realização de ataques a cidades na Europa e nos Estados Unidos para vingar as supostas mortes das crianças sírias em ataques aéreos.

O Washington Post adianta ainda que estas gravações são a prova de que a Al-Qaeda está iniciando um novo capítulo da sua história, mais violento e sangrento, garantem peritos em terrorismo ouvidos pelo jornal norte-americano.


Comentário:

Não tem como vencer o terrorismo islâmico se não for vencida, antes, a sua cultura, pois não se trata de uma cultura de "paz", mas sim de guerra (jihad). Quem é educado por ela certamente possui em sua índole um potencial terrorista iminente.

Enquanto o mundo não reconhecer isso, continuará assistindo o surgimento de novas gerações terroristas.


Comentário: Will R. Filho

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima