Estátua de Lenin é derrubada em centenário da Revolução Bolchevique - Entendeu?


Ativistas ucranianos encontraram e derrubaram a última estátua de Lenin em Kiev, dentro da lei de "descomunização" aprovada pelas autoridades e a poucos meses do centenário da Revolução Bolchevique de 1917.


De acordo com informações divulgadas neste sábado pela imprensa local, o monumento estava localizado dentro de um recinto fechado em um propriedade industrial da capital ucraniana, onde se acredita ter sido desmontadas todas as estátuas do fundador da União Soviética.

Aparentemente, os responsáveis de cumprir com a lei foram incapazes de encontrar a estátua, mas nunca informaram sobre isso para as autoridades competentes.

Então, o proprietário do local decidiu contratar um grupo de trabalhadores para derrubar o monumento.


No vídeo divulgado pela imprensa local, dá para notar como três homens derrubam facilmente o monumento com a ajuda de uma corda.

Desde fevereiro de 2014, quando o então presidente ucraniano Viktor Yanukovich foi deposto do cargo, foram derrubados e destruídos numerosos monumentos e bustos do histórico líder comunista.

No ano seguinte, o Parlamento ucraniano aprovou várias leis que proíbem a simbologia comunista e igualando o nazismo com o stalinismo, algo que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, rejeita categoricamente.

A última estátua de Lenin na Ucrânia tinha sido desmontada em outubro de 2016 na região de Chernigov, fronteira com Bielorrússia.


Fonte: Efe

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima