"Está na raiz desse partido assassinar pessoas", disse Feliciano sobre o PSOL

O Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano, líder da Igreja Catedral do Avivamento, falou durante uma audiência do projeto Escola Sem Partido, alguns dados históricos sobre o Partido Socialismo e Liberdade - PSOL, denunciando o caráter manipulador da sigla que no começo de março (2017) também foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro pela suspeita de ter criado um núcleo de militância no Colégio Dom Pedro II, no mesmo Estado.

Em um vídeo gravado da audiência, citando o fundador do PSOL que supostamente teria assassinado duas pessoas em um incêndio, na Itália, Feliciano aparece dizendo que "está na raiz desse partido (...) assassinar pessoas que tem um pensamento diferente do deles". A frase da fala original foi editada, ao que parece, para encurtar a fala e resumir o sentido dela no vídeo. Todavia, fica registrado aqui nossa ressalva quanto a essa edição de terceiros. Para ver o vídeo completo, assista abaixo:




COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima