Spray que trata a ejaculação precoce em apenas 5 minutos é a nova aposta no Reino Unido


Tratamento para ejaculação precoce a base de spray

Um novo spray que promete tratar a ejaculação precoce em apenas cinco minutos já está disponível no Reino Unido.
Um novo produto chamado Fortacin promete mudar as coisas entre os amantes insatisfeitos. O produto da Pletora Solutions, afirma que os homens que usaram o spray conseguiram passar mais tempo na relação sexual.


O spray é uma combinação de dois medicamentos - lidocaína e prilocaína - sendo que ambos são drogas anestésicas. Uma dose - três sprays - são aplicadas diretamente no pênis antes da relação sexual.
Ele funciona diminuindo a sensibilidade da glande (a cabeça do pênis), aumentando a quantidade de tempo antes da ejaculação.
O spray tem efeito quase que imediatamente após a aplicação, dando aos usuários mais controle, mas sem reduzir o prazer, segundo informações do fabricante. Os testes mostraram que mais de 85% dos homens tiveram resultados positivos.
O tempo de ejaculação continua aumentando à medida que o tratamento medicamentoso continua por vários meses, até que após algum tempo, o homem consegue ir deixando de usar, até que consiga ter uma relação sexual sem a aplicação do spray, diz o fabricante.
O spray para tratar a ejaculação precoce estava disponível para compra apenas com apresentação de receita médica, no Reino Unido, mas a partir de hoje ele já pode ser comprado livremente pelo público em geral. (...)
A ejaculação precoce é a forma mais comum de disfunção sexual em homens, afetando mais do que a disfunção erétil.
Ela é definida como a incapacidade de retardar a ejaculação para mais do que um ou dois minutos após a penetração. 
Segundo alguns especialistas, a duração normal de uma relação sexual é de quatro a sete minutos.
Comentário:
A disfunção sexual conhecida como "ejaculação precoce", muito comum entre os homens especialmente em nossa geração, raramente possui alguma relação com causas orgânicas, mas sim psicológica!
Qualquer promessa de "cura" ou tratamento da ejaculação precoce baseada em intervenções medicamentosas, como pílulas e esse novo spray, não passam de paliativos que visam oferecer uma melhora imediata do quadro, invés de tratar o problema em sua origem.
O risco de recorrer a esses tratamentos está no desenvolvimento da psicodependência, dificultando a pessoa lidar com a relação sexual de forma espontânea, podendo inclusive se livrar da precocidade através de alguns exercícios.
Publicanos alguns anos atrás uma matéria muito simples de compreender, que explica como lidar com a ejaculação precoce sem o uso de medicamentos, mas apenas com exercícios de "contracondicionamento". Para ler e aprender, clique AQUI

Com informações: The Sun
Comentário: Opinião Crítica

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima