Pastor Silas Malafaia errou ao convocar cristãos contra a Disney?

 Silas Malafaia convocou cristãos contra a Disney

A polêmica do filme "A Bela e a Fera" com a cena exclusiva homossexual que será lançado pela Disney em 16 de março no Brasil ainda está dando muito o que falar. Após o pastor Silas Malafaia publicar um vídeo onde pede para os cristãos boicotarem o filme, a repercussão negativa da produção cresceu no Brasil, tornando o pastor alvo de elogios e críticas.

Não é a primeira vez que o pastor Silas Malafaia pede para cristãos boicotarem uma empresa por fazer apologia ao homossexualismo. Em 2015, no dia 02 de junho Silas também publicou um vídeo pedindo o boicote a empresa O Boticário, devido uma propaganda com casal gay para o dia dos namorados.

Silas Malafaia faz certo ou errado?


Pastor Silas Malafaia fez o que lhe é de direito! O julgamento de ser "certo" ou "errado" não cabe em matéria de direito, pois nem sempre o que considerados "certo" reflete o que é um "direito". No caso de Silas, ele faz o que a Constituição brasileira lhe permite; manifestar opinião, utilizando o poder de comunicação que possui para divulgá-la.


Moralmente, Silas Malafaia está certo para quem pensa como ele e isso é um fato. Ele fez o mesmo que pastores renomados como Franklin Graham, por exemplo, nos Estados Unidos, conforme noticiamos AQUI.

Para o filho do lendário Billy Graham, que também é pastor, a Disney comprou a ideia do movimento gay: "eles estão tentando empurrar a agenda LGBT nos corações e mentes de seus filhos.", disse ele.

Finalmente, cada pessoa usa o poder que possui para influenciar, e o que o pastor Silas Malafaia fez ao convocar cristãos contra a Disney, acredite, não é em nada diferente do que seus adversários também fariam caso tivessem os mesmos recursos.

Não se trata de estar certo ou errado. Antes disso, se trata de ter ou não o direito de fazer. Nesse caso, ele tem total direito e assim como ele, todos os brasileiros, concorde você ou não.


COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima