Nova ferramenta do Facebook promete ajudar pessoas durante tragédias - Community Help


Ferramenta do Facebook visa ajudar pessoas durante tragédias
 
O Facebook lançou um novo recurso nessa quarta-feira, o Community Help, destinado a permitir que os usuários da maior rede social da Internet, ofereçam assistência uns aos outros no caso de desastres naturais e outras emergências locais.
 


Suplementar ao recurso de Verificação de Segurança introduzido em 2014, a nova função de Ajuda da Comunidade do Facebook destina-se a fornecer aos usuários uma plataforma para fornecer bens e serviços no momento em que eles forem mais necessários.
 
O Facebook já implantou o Safety Check no rescaldo de centenas de tragédias que vão desde ataques terroristas a terremotos, a fim de ajudar as vítimas informarem com facilidade se estão seguras. No futuro, o Facebook planeja ativar a Ajuda da Comunidade durante algumas dessas mesmas circunstâncias para que os usuários afetados possam se conectar uns aos outros para oferecer e adquirir assistência.
 
Quando ativado, os usuários afetados do Facebook verão dois novos links na página Verificação de Segurança, para seu problema específico. A primeira, "Encontrar Ajuda", permitirá que as vítimas busquem ajuda, como comida, suprimentos e abrigo. O segundo, "Dar Ajuda", tem como objetivo conectar usuários a outros indivíduos que passam por momentos de necessidade.
 
Os titulares de contas que usam o recurso poderão navegar por categoria e local antes de serem conectados entre si, através da plataforma Messenger, que pertence a rede social.
 
"Depois de uma crise, há um incrível sentimento de empatia na comunidade e há uma sensação esmagadora de querer ajudar as pessoas", disse o designer de produtos, Preethi Chethan, em um evento de imprensa na terça-feira, em San Francisco.

Com informações: The Washington Times

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima