5 maneiras simples e poderosas para fazer com que as crianças cooperem



Uma ferramenta simples e poderosa para fazer com que as crianças cooperem mais facilmente nas tarefas diárias é usar o "relacionamento antes do pedido"

Na prática, se conecte com seu filho por alguns minutos antes de pedir que faça algo. Isso não apenas vai tornar o seu dia mais tranquilo, como vai permitir estabelecer um vínculo afetivo mais forte com a criança. 

Abaixo, listamos as 5 maneiras de aplicar a técnica do "relacionamento antes do pedido":
 


1. Pause e observe: preste atenção a seu filho calmamente

Antes de dizer: "faça isso!", pare por um momento e note no que seu filho está envolvido. Estão brincando de restaurante com comidas de brinquedo? Corrida de carros? Contando o dinheiro no seu cofrinho? Observe-os por um segundo e simplesmente observe como eles estão profundamente envolvidos com isso.
 

2. Comentário / Pergunte: "Vejo que você é. . . "Ou" Você pode me dizer sobre o que você está fazendo? "

 
Reconheça o que as crianças estão fazendo. "Oh, eu vejo que você está fazendo um livro de desenhos para a vovó" ou "eu vejo que você está montando a ponte em seu conjunto de trem. Você está puxando esse trem longo ao redor dos trilhos!" Ou  "Você pode me dizer sobre o que você está fazendo / brincando? "
 

3. Pergunte: "Posso me juntar a você?"

 
Quando as crianças estão absorvidas no que estão fazendo, pergunte: "Posso me juntar a você?" E, em seguida, siga a liderança da criança (deixe-os estar no comando). Por cinco minutos (ou quanto tempo você tiver), faça um quebra-cabeça com eles, brinque, construa, fique ao lado deles, olhe os livros, ajude a alinhar seus bichos de pelúcia, correr em círculos ou se envolver em tudo o que eles já estão fazendo. 

Algumas crianças podem estar abertas ou até mesmo encantadas de vê-lo participar, enquanto outros podem preferir que você apenas assista.

4. Dê a propriedade

 
As crianças adoram uma sensação de poder e controle. Ao dar-lhes um pouco de propriedade no processo (de fazer a próxima coisa), eles são mais propensos a cooperar.

Exemplo de perguntas para oferecer propriedade: 

  • Que lugar especial que você quer colocar isso (até a manhã, até que nós voltarmos, etc)?  Quando uma criança está brincando com algo, antes de ir para a cama ou sair para ir a algum lugar, faça com que ela estabeleça um local ou atividade especial para ela, onde possa guardar suas coisas. Isso lhe ajuda a desenvolver responsabilidade;

  • Você quer [fazer a próxima coisa] agora ou em 5 minutos? Peça-lhes para reiterar o que eles vão fazer quando o tempo terminar. Ajuste o tempo, se necessário (a noção de tempo também é uma forma de atribuir responsabilidade);

  • Você está em um ponto que pode parar agora? Imagine se você estivesse a 134 parafusos de montar um brinquedo com 542 parafusos no total e alguém insistisse que "deixasse isso na mesma hora!", sem estabelecer uma hora exata de pausa. Às vezes, uma criança pode estar envolvida na construção de um projeto de lego, por exemplo, construindo um cenário de brinquedos ou classificando conchas com o mesmo tipo de intensidade.  Isso para ela é muito importante e você valorizar isso ajuda na cooperação das tarefas;

  • Você pode estar no comando de X? "Você pode ser responsável por escolher os livros que vamos ler esta noite?" "Você pode ser responsável por passar as marchas no carro?" Dar às crianças um trabalho especial pode reduzir a resistência e construir o entusiasmo sempre que você lhe dar uma ordem
 

5. Compartilhe as atividades com as crianças antes do tempo

 
Deixe as crianças saber o plano do dia com antecedência. "Estamos indo para a biblioteca, depois aulas de natação, então estamos parando no parque por uma hora." Escreva uma lista de atividades para elas, (mas cuide em cumprir, porque elas vão lhe cobrar.

 Peça para ajudá-lo a preparar ou embalar coisas especiais para uma atividade. Isso lhes dá uma sensação de controle, segurança e propriedade, ao invés de fazê-los perguntar: "Para onde vamos, de que horas?".
 
Gastar apenas 5 minutos de relacionamento antes de pedir às crianças para fazer algo vai ajudar seu filho fazer as coisas com mais cooperação e menos resistência. É também uma forma de "cuidado sensível ", que é um forte preditor da competência social e realização acadêmica de um indivíduo, não só durante a infância e adolescência , mas até a idade adulta.

 
Por: Erin Leyba
Adaptação: Opinião Crítica 

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima