Marisa Letícia é diagnosticada com trombose venenosa profunda e passa por cirurgia


A ex-primeira dama Marisa Letícia (66) foi diagnosticada nesta segunda feira com trombose venenosa profunda. Esse é o termo médico para classificar a formação de coágulos de sangue dentro das veias profundas das pernas, também conhecido como trombose venosa profunda. Trata-se, portanto, de coágulos no sangue, que ao se espalhar pelo corpo podem provocar até embolia pulmonar e consequente insuficiência respiratória.


Segundo informações do jornal Diário do Nordeste, com base no último boletim médico divulgado nesta terça feira (31), Marisa Letícia passou por um tratamento que visa desobstruir os coágulos para eliminar o risco de embolia, permanecendo na UTI, porém, em um quadro considerável estável. Ainda conforme a publicação, segue um trecho da nota oficial divulgada pela equipe do Sírio Libanês:

"...a paciente permanece com controle neurointensivo, apresentando melhora progressiva dos parâmetros evolutivos neurológicos - tomografia de crânio, ultrassonografia doppler transcraniano e pressão intracraniana. 

A paciente permanece estável do ponto de vista cardiovascular, com níveis normais de pressão arterial sem necessidade de utilização de medicamentos para controle pressórico, apresentando ecocardiograma seriadamente normal."


COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima