VÍDEO: Dona Florinda - do Chave - assume novo papel em programa no Youtube


A atriz mexicana Florinda Meza, viúva do comediante Roberto Gómez Bolaños e que fez sucesso na pele de Dona Florinda, publicou nesta quinta-feira no YouTube o primeiro episódio de seu famoso personagem "Chimoltrúfia", criado há décadas por seu marido para a série televisiva "Chaves".

"Promessa é dívida. Agora sim, vejam a #LadyChimoltrufia em ação", escreveu a atriz no Twitter.


O vídeo, de 4m43 de duração, é o primeiro da atriz na plataforma.

"Obrigada por seus belos comentários. #LadyChimoltrufia se sente muito emocionada. E eu, feliz de poder estar perto de vocês. Os amo", apontou em outra mensagem a atriz.

No canal, Florinda explica a seus seguidores que "esta é a primeira parte da entrevista com #LadyChimoltrufia. É só uma pequena amostra deste grande personagem. Se quiser saber o que aconteceu com seu marido e todos seus amigos, não perca o segundo episódio".

A atriz de 67 anos admitiu há alguns meses que tinha vários projetos parados porque não havia superado a morte de seu marido, ocorrida em 28 de novembro de 2014 aos 85 anos.


Comentário:

O humor que marcou a geração do seriado "Chaves", reprisado até hoje pelo SBT, é reconhecido pela maneira simples e inocente com que tratava situações do cotidiano associadas à população humilde, conseguindo alcançar todas as faixas etárias, algo difícil de encontrar em nossos dias.

No personagem "Chimoltrufia" Florinda Meza assume não apenas um "novo" personagem (na verdade, novo apenas para quem lhe conhecia como Dona Florinda), mas principalmente o desafio de agradar um público que atualmente está envolvido por outras ofertas de humor. Em todo caso, ela não tem mais o que provar na TV. Resta ao amantes da velha "Florinda" apreciarem mais esse trabalho que resgada o talento dessa ótima atriz.


Fonte: Efe
Comentário: Will R. Filho

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima