O Power Point de Deltan Dallagnol e a "Burrice" Alheia!

Deltan Dallagnol, 34 anos, Mestre em Direito formado em Harvard, é pós graduado em crimes financeiros, tendo dedicado toda sua formação ao tema de corrupção, evasão de divisas, etc. É o segundo integrante mais jovem a entrar como Promotor no Ministério Público Federal, aos 23, em 2002. 

Dallagnol compõe uma equipe de 300 agentes públicos, entre Procuradores e Delegados igualmente qualificados, a maior força-tarefa anticorrupção já vista no Brasil e em todo mundo, a qual já fez 106 condenações em pouco mais de 02 anos, totalizando mais de 1.000,00 anos de pena e é sentenciada por Sérgio Moro, Juiz Federal, Doutor em Direito formado em Harvard, o qual possui, também, um currículo impecável na área criminal.  

No dia 14/09/2016, essa equipe fez uma apresentação do que para eles significa o desmantelamento de um "quebra-cabeça" do maior esquema de corrupção já visto no Brasil, anunciando oficialmente apenas PARTE da acusação (lavagem) contra quem eles estão CONVICTOS de ser o chefe da organização: Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil.
Qual é a principal relevância e motivo de (acredite!) piadas sobre a ocorrência para alguns? __ A utilização do POWER POINT

Quando o nível crítico de alguém se restringe a esse nível, penso que é motivo de muita preocupação. 

Quando alguém da envergadura dos investigadores vem a público fazer uma apresentação simples e objetiva (porque no meio acadêmico é assim que deve ser), detalhada e "desenhada" como fizeram nesse dia, e a problemática sobre o caso se resume ao tipo de aplicativo escolhido e/ou slides elaborados como ilustração, desconfio de que há uma boa chance da pessoa que faz a crítica padecer pela falta de bom senso. Ou seria "burrice", mesmo?

Títulos e currículos por si mesmos não significam nada, mas é na atuação que seu valor e "autoridade" são provados, o que neste caso é indiscutível.

Títulos não conferem autoridade a quem atrás de gabinetes ou mesmo em rascunhos teóricos distantes da realidade não traduzem o que é de mais urgente na demanda social. São enfeites inscritos numa folha de papel ou, no máximo, placas expostas na estante. Todavia, esse não é o caso de Deltan e sua equipe. Os resultados da Lava Jato já validaram, e muito, o que seria o equivalente curricular de vários Procuradores, e não apenas um.

Meus amigos(as), o Brasil carece de pessoas apaixonadas pelo Brasil, sensatas, capazes de enxergar coerência e seriedade onde ela está, de fato, e não no que siglas partidárias e visões políticas, sejam quais forem, tem interesse de lhe determinar o modo de pensar e agir. Isso não é ser crítico, mas sim fantoche!

Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima