A Estratégia de Intimidação da "Esquerda" - Desespero!


A suposta "esquerda" brasileira está desesperada! Não tendo como refutar de forma legal às investigações e agora denúncia da justiça contra o ex Presidente Lula, por ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro (entre outras acusações possíveis), e vendo o seu governo (petista) desmoronar perante uma sociedade cada vez mais enojada de tantos escândalos "aqui e ali", não resta outra alternativa para o "exército vermelho", senão apelar para a intimidação, ameaça e promessas de revolta contra o poder judiciário e, claro, a grande maioria de brasileiros fartos de toda essa zorra política. Mas, até que ponto a estratégia de intimidação do esquerdismo poderá surtir efeito?

A grande verdade é que a absoluta maioria da população, de bem, que apoia o cumprimento da lei e não é doutrinada por nenhuma ideologia política o suficiente para ter a mente "ADESTRADA" em prol de "A" ou "B", é feita de pessoas sem qualquer vínculo partidário, organização política, sindicalista ou de entidades, mas sim de pessoas como EU e talvez VOCÊ, que apenas deseja um Brasil melhor, justo e funcional para todos. Pessoas que veem suas contas de energia, combustível, água, comida, educação e saúde, estourando o orçamento familiar, sendo muito maiores em proporção do que o aumento salarial, nos obrigando a medidas de contenção e muita cautela, adiamento de planos,  investimentos, porque simplesmente a administração do governo resultou numa corrupção institucionalizada a nível tal, que vem corroendo a economia, geração de empregos, cultura de tolerância e também a ESPERANÇA de um povo trabalhador. 

Um povo que certamente por algum momento acreditou na possibilidade de um governo que tivesse um olhar mais igualitário e prioritário das necessidades sociais, mas sem, contudo, transformar isso em um INSTRUMENTO de MANIPULAÇÃO e CONTROLE político-ideológico, especialmente voltado para os menos esclarecidos, tendo como recurso de cerceamento de direitos e intimidação cultural, a INDUÇÃO da luta de classes e velhas táticas de guerrilha associadas a um sistema historicamente provado como OPRESSOR, TOTALITÁRIO e DESTRUTIVO, que é o comunismo!

O "problema" (se é que posso chamar de problema) de nós, o verdadeiro povo desse país sermos assim (cidadãos sem "rabo preso" com ninguém), é que em situações como essa de crise, onde precisamos sair nas ruas e protestar em favor do Estado Democrático e da justiça, não temos a mentalidade de guerrilheiros. Não somos articulados ou orientados como ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA. Não temos, na verdade, a INTENÇÃO de guerrilheiros, dispostos a TUDO em prol de uma causa incutida à lavagem cerebral pelos que arregimentaram uma "massa" para si, e chamam isso de "povo". Nós somos o verdadeiro povo, porém, destreinados para o confronto físico, armado, mas apenas alçados de nós mesmos, munidos de bom senso e atitude patriótica, o suficiente para exigir que corruptos sejam punidos, não importa quem! Que a justiça seja feita, para todos. Que o Brasil não seja deles, nem nosso, mas de todos, e nossa bandeira honrada. E eles, o que são?

São o que dizem ser: "exército vermelho"! Uma auto definição que por si mesma não inspira cidadania, mas sim revolta, confronto, ilegalidade, terrorismo, que sob ameaça de perder o "controle", faz jus ao termo, operando às margens da lei, ao ter como "filosofia" a necessidade de não só ameaçar, mas ultrapassar seus limites promovendo o caos, vandalismo, "quebra-quebra", invasões, para tentar através desses métodos anárquicos se imporem, e serem vistos, num cenário que já não conseguem mais manipular. Todavia, o efeito que isso pode causar num Estado Democrático, onde as instituições ainda operam e não foram completamente aparelhadas pelo "regime vermelho", é a repressão, repúdio e mais punições, não só pelo bom senso dos cidadãos que compõem a maioria do povo, que certamente atuará de modo compatível com o exercício da cidadania, mas também pela FORÇA de repressão dos órgãos responsáveis pelo cumprimento da lei.  

E nós, golpistas? Sim! Se for para matar cobras que ameaçam a legitimidade das instituições democráticas, em especial as JARARACAS, com golpes vindos pelo cumprimento da lei, e na cabeça!

Dia 13, faça a sua parte!

Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima