O Poder e Sedução da Comida na Conquista Amorosa

Aquele aroma delicioso de comida fresquinha no ar, luz suave, música ambiente e alguém te apresentando um jantar especial, quem não ficaria encantado? Mas afinal, será mesmo que um bom prato de comida poderoso e sedutor, facilita na hora da conquista amorosa?



A comida está associada a muitos elementos da cultura humana, sinônimo de status e prestígio. Quem nunca ouviu falar, por exemplo, em "manjares do Rei"? Na antiguidade, uma das formas de dar honra e prestígio a uma personalidade era lhe oferecendo um banquete. Até hoje, grandes celebrações são comemoradas com comida. Mais do que uma necessidade, a comida representa festividade, alegria, motivo de confraternização e encontros românticos, sim!

É verdade que algumas comidas são mais românticas do que outras, e ajudam na hora da sedução?

Nenhuma comida é mais ou menos romântica, pois o romantismo está na ideia que nós temos sobre o que é "ser romântico" associado a determinada comida. É assim, por exemplo, que dizemos existir comidas afrodisíacas. Na verdade, o que existe são ideias, geralmente relacionadas ao que a comida parece fazer em nosso corpo, mas que na prática é fruto apenas da nossa associação com nossos desejos. O romantismo e a sedução começam justamente nesse "jogo de ideias", que quando valorizados o suficiente, tem o poder de impressionar e chamar atenção para o objetivo pretendido. Ou seja, não importa se a comida é um filé de salmão grelhado, regado no molho de maracujá e acompanhado por um vinho branco, ou uma feijoada com orelha de porco e caipirinha,  a questão está na ideia associada a esses dois tipos de comida.

Quando falamos de "Jantar Romântico", por exemplo, na verdade o romantismo não está no jantar, mas sim no conjunto de coisas que estão associadas a ele, por exemplo; o ambiente, que pode ser um restaurante, uma linda paisagem, uma mesa decorada de modo especial, luz de velas, música ambiente, etc. A vestimenta, afinal, quem não capricha na hora de escolher a roupa, penteado e o perfume? A abordagem, geralmente mais sutil, com fala mansa, um olhar desejante, etc. Ou seja, perceba que a comida no prato e as bebidas são apenas pretextos para a criação de um cenário muito maior que vai, de fato, compor o clima gostoso, atraente e sedutor do que chamamos de "jantar romântico". Esse é o verdadeiro poder de sedução. Todavia, não podemos negar que há comidas mais adequadas do que outras, dependendo da hora que será servida, mas, principalmente, do seu objetivo (...)!

Além desses fatores, a comida em si mesma também inspira paixão, especialmente quando é preparada pela pessoa que oferece, pois o ato de cozinhar para alguém significa doação, dedicação, refletindo uma das muitas formas de expressar para o outro amor, carinho e interesse. As vezes, o detalhamento da comida, decoração do prato e da mesa, escolha de cada ingrediente, etc, representam o quando alguém se importa com você, e deseja ver, no seu prazer de comer, uma resposta positiva ao amor ali demonstrado. Por essa razão, cozinheiros experientes sabem que o melhor tempero, além da fome (risos), é o amor! E bote amor nisso, porque até quando o cozinheiro é ruim e a comida sai uma tragédia, quem ama come e diz que está uma delícia, é ou não? (risos)

Sendo assim, se você quer conquistar alguém, ou demonstrar um amor que já existe, quem sabe não é a hora de dar um treino na cozinha e tentar preparar algo especial para essa noite, heim?
 
Abraço e até a próxima... 

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima