DENÚNCIA - Preconceito contra Nordestinos no caso "Bolsa Microcefalia" - Zika Virus

É deplorável constatar que em um país como o Brasil, construído e alicerçado sobre o suor e sangue de um povo diverso cultural e etnicamente, ainda existem pessoas com tamanha ignorância, ao ponto de fazer discriminação racial pejorativa entre seres humanos, esbanjando preconceito e ódio contra àqueles que são nossos iguais. Essa é uma realidade que pude observar, por exemplo, nos comentários do site G1, dos quais destaco na imagem abaixo:


O texto se refere ao anúncio do governo, feito na quarta dia 27/01/16, de que famílias vítimas da microcefalia e com renda per capta de até R$220,00 terão direito a uma "bolsa" financeira no valor de um salário mínimo. Farei questão de pontuar as razões da minha DISCORDÂNCIA dessa medida no CONTEXTO em questão, em outro texto. Todavia, controvérsias à parte, o que venho denunciar nesse momento é o aparente preconceito humano de alguns usuários do site G1, chamados "Alípio", "Jorge Barbosa" e o pseudo "Brasil Nojo" que, como provado na imagem acima, capturada via Print Screen, incitam a discriminação e o preconceito contra o povo de origem nordestina. Agora, veja que segundo o artigo 20 da Lei n. 7.716/1989, é crime de racismo:

"Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Pena: reclusão de um a três anos e multa."

O indivíduo chamado "Alípio", afirma no seu comentário que "nordestinos" farão fila para pegar a bolsa microcefalia. Ora, essa é uma clara sugestão e, portanto, indução (como consta no art. 20) de que nordestinos (povo de procedência nacional e distinção étnica) são MICROCÉFALOS, uma vez que o mesmo não se refere a pessoas vitimadas pela doença, mas sim ao termo "NORDESTINOS", como forma de classificar uma população em geral.

Logo após, o pseudo "Brasil Nojo" endossa o preconceito, afirmando que sim, haverá "gente dormindo na fila". Está evidente que se o comentário é uma resposta ao anterior, o termo "gente dormindo na fila" só pode se referir aos "nordestinos", caracterizando então mais uma incitação ao preconceito.

Em seguida, desconsiderando o pseudo "Xis Tudo", que comenta de forma generalizada ao se referir a "oportunistas" (difícil julgá-lo com tamanha aplicabilidade do termo), comenta o "Jorge Barbosa" de forma irônica, sarcástica, aparentemente querendo fazer uma piada com o fato de que "nordestinos" (...) "cabeças grandes", não poderiam ter o crânio reduzido (microcefalia). Não se engane! Essa "piada" é nada mais uma maneira sutil de também destilar preconceito contra os nordestinos, chamando-os de "cabeças grandes".

Diante desses FATOS, o que podemos constatar, senão que pessoas ignorantes e de ética vergonhosa ainda existem aos montes no Brasil? Com gente dessa qualidade, como é possível enxergar um Brasil que vai além da mediocridade política e cultura comum que se encontra? Ao invés disso, como se não bastassem as mazelas da corrupção que cicatrizam o nosso pais desde a sua "fundação", das condições climáticas áridas, secas, poluídas ou alagadas que desenham a paisagem de um território continental, ditando o ritmo e a qualidade de vida de milhões de seres humanos, temos no meio de nós "sujeitos" que fazem questão de atrasar nossa humanidade, sendo eles mesmos exemplos perfeitos de que algumas espécies não se adequam à "evolução", preferindo se comportar como irracionais, muito aquém dos microcéfalos que via plasticidade cognitiva e neuronal podem adquirir capacidade de aprendizagem, estabelecendo assim relações saudáveis em um mundo civilizado.

Racismo é crime, sendo assim, se você não faz parte desse universo "idiotizado" de racistas e xenófobos, faça a sua parte e ajude a combater atitudes desse tipo, denunciando as autoridades, compartilhando essa denúncia para que outros saibam e repudiem atos de preconceito. Abaixo deixo os links onde você pode fazer a sua denuncia. A imagem acima possui o link original e o recorte do dia e horário de captura da tela:

Aos xenófobos e preconceituosos contra o Nordeste, uma Rapadura Musical para quem não sabe o que é cultura:


Abraço e até a próxima...

Fonte de onde foi capturado os comentários na imagem acima: G1

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima