Maioridade para Genitálias, SIM! E Para o Crime, NÃO?


Por: Giuliana da Matta

Desde quando eu brincava de escolinha na rua, ouço essa balela de que falta educação, falta distribuir renda etc.

Um certo presidente (o mesmo no qual eu votei aos 16 anos!) usava um jargão: "nunca antes na história desse país..." E dizia que essa "balela" era coisa do passado.



O Brasil tem melhor distribuição de renda, maior índice de matriculados nas escolas, mas os maiores índices de violência da história. Ué?! Alguma coisa não está equilibrada nessa conta. Eis o que não está equilibrado: há 20 anos, a pessoa de 16 anos assaltava para levar dinheiro para mãe e se não levasse apanharia ao chegar em casa. Hoje, a pessoa de 16 anos, falta a escola na qual está devidamente matriculado para assaltar e comprar os objetos da moda, ou vai estuprar uma garota para fazer um vídeo no YouTube, ou vai matar para imitar o bandido do filme que ele viu na internet (seja na lan-house ou no seu próprio computador, que foi comprado pelo trabalho de carteira assinada de alguém na sua casa).

Educação é um processo social e internacional, os jovens se auto educam também, sabia?! A escola é a menor parte do processo educativo. Dizer "mais escola e menos cadeia" é uma falácia! E se menos de 1% dos crimes são cometidos por pessoas entre 16 e 17 anos, numa conta simples, este deveria ser o percentual de aumento no número de vagas nas escolas!!!

Mais uma incoerência: um certo deputado acha um absurdo responsabilizar uma pessoa de 16 anos por seus crimes, mas acha sensato que uma criança de 12 anos reconheça sua orientação sexual!! Então, aos 16 não tem maturidade para saber o que é certo e o que é errado, mas aos 12 tem maturidade para saber se gosta de menino ou menina??! Ou seja, para este deputado e todos que concordam com ele, a genitália de um menino de 12 anos tem mais maturidade intelectual que a mente de uma pessoa de 16!!! 

Não é por que alguns raros são vítimas das circunstâncias, que se deve tirar o direito de escolha de toda a juventude. Deixem que uma pessoa jovem de 16 anos decida sua própria vida, deem a eles a responsabilidade e a liberdade da escolha, deixando bem claro suas consequências: a cadeia ou a glória!!!

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima