07 Dicas de Presente Para o Dia das Crianças!



Muitos pais e mães estão correndo nos shoppings, lojas de brinquedos diversos, procurando presentes legais para seus filhos, mas muitos se esquecem que um bom presente para o dia das crianças nem sempre é o mais caro ou aquele cheio de tecnologias. Apesar de vivermos na era da informatização, a chamada geração high-tech, um excelente brinquedo poder mais simples do que imaginamos e encantar a criançada tanto quanto os mais caros de uma vitrine! O grande problema é que esses brinquedos estão perdendo espaço para produtos cada vez mais automatizados, que reduzem a capacidade criativa da geração atual em relação ao brincar, enquanto pais e cuidadores vão se acomodando com essa "ocupação" automatizada da infância dos seus filhos.

Pensando nisso e em homenagem ao dia das crianças, o Opinião Crítica trás sete dicas de brinquedos e brincadeiras infantis que voce poderá curtir com seus filhos, sobrinhos, netos, amigos, sem precisar gastar quase nada e em praticamente qualquer lugar. Acredite, as brincadeiras listadas abaixo além de muito divertidas, fazem bem para a saúde emocional e física dos seus filhos. Então não perca tempo, veja quais são as suas preferidas e viva do dia das crianças:


01 - Amarelinha
O que é: brincadeira em que as crianças devem pular casinhas desenhadas no chão.

Acessórios: uma pedrinha ou saquinho de areia.

Como brincar: desenhe a amarelinha no chão, indo do número 1 ao 10. As crianças devem decidir quem vai começar. O escolhido joga a pedra - ou o saquinho de areia - no número 1. A seguir pula casa por casa com um pé só até chegar ao número 10. Na volta repete o trajeto, só que pegando a pedrinha. O mesmo deve ser repetido até chegar a última casa. Perde a vez quem pisar na casa em que está a pedra, pisar na risca, não pegar a pedra ou errar a casinha na hora de jogar a pedrinha. 

Benefícios: desenvolvimento do raciocínio, coordenação motora, atenção, equilíbrio, noção de espaço e tempo, conhecimento dos números e habilidade para lidar com regras e limites.

02 - Bolinha de Gude

Como jogar: Na versão tradicional, um dos participantes desenha um círculo no chão e tenta colocar uma bolinha dentro com um impulso do dedo polegar.  Depois, usando outras bolinhas, os demais jogadores tentam acertar a bolinha original para retirá-la de dentro do círculo. Quem consegue a proeza ganha o direito de se apropriar das bolinhas dos colegas para aumentar sua coleção.
Benefícios: Além de trabalhar conceitos de soma, subtração e divisão, a atividade estimula a coordenação motora e pode ser utilizada nas aulas de ciências para tratar sobre o tema da reciclagem, já que as bolinhas são feitas de restos de vidro.


03 - Pião


Como jogar: O pião de madeira deverá ser envolvido com um baraço (cordão) e de seguida atirado ao chão, ficando a bailar a maior quantidade de tempo possível. O jogo pode fazer-se de duas formas: ou se trata de uma competição com tempo fixo, ou de um encontro em que o objectivo é fazer o pião tocar nos restantes piões em prova projectando-os para fora do círculo de jogo desenhado no chão, continuando a girar. Consideram-se fora de prova os piões que saírem desse mesmo círculo. 

Benefícios: Habilidade manual, desenvolvimento dos reflexos e percepção espacial.


04 - Pular Corda



Como jogar: Sem mistério, enquanto duas pessoas giram a corda, outros pulam no meio. Ganha que fica por último sem errar o salto. Essa brincadeira também é muito legal quando há campeonato de malabarismos. Por exemplo: quem consegue pular mais com uma perna, duas, com as mãos, maior velocidade, etc.

Benefícios: condicionamento físico, criatividade, coordenação motora, desenvolvimento dos reflexos, autoconfiança e percepção de grupo.


05 - Ioiô

Como jogar: consiste em fazer girar o objeto na corda, sem parar. Pode ser feito várias manobras com ele, por isso é um brinquedo muito apreciado para campeonatos.

Benefícios: coordenação, raciocínio, criatividade e sensibilidade manual.


06 - Peteca

Como jogar: Para brincar de peteca, vocês vão ter que convidar pelo menos 3 amiguinhos e formar uma roda. Quem começa a brincadeira segura a peteca com uma mão e bate nela de baixo para cima com a outra, lançando-a para um dos outros. A criança que receber o brinquedo vai jogar para algum dos colegas tentando rebatê-lo com a mão na parte de baixo do brinquedo. Quando alguém deixa a peteca cair, sai da brincadeira.

Benefícios: Condicionamento físico, coordenação, desenvolvimento dos reflexos, etc.


07 - Telefone de Lata


Como brincar: Poderá usar o telefone de lata para brincar com seus filhos criando um meio de comunicação entre eles e voce, por exemplo, entre os comodos da casa, da área externa até a sala, cozinha, etc. Eles adoram!!!

Benefícios: Estimula o trabalho manual criativo, exemplifica o ensino da física de transmissão de ondas, cria um elo de ligação (comunicação) com os pais, etc.

Além desses brinquedos e brincadeiras, existem milhares de outras que dependem apenas da sua criatividade. Uma coisa precisa ser compreendida: mais do que os brinquedos, as crianças querem fantasias, porque é fantasiando que elas expressam a compreensão do mundo que as cercam. Neste sentido, as pessoas que interagem com elas, podem ser mais relevantes que os objetos da fantasia. Em outras palavras, não adianta dar um presente e ser ausente da fantasia, PARTICIPE, BRINQUE e seja criança outra vez, servindo de referencia positiva na vida dos seus filhos!

Abraço e até a próxima...


COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima