Você é o que Compartilha, Curte e Comenta no Facebook - Duvida?


Não é preciso argumentar que o Facebook virou sensação. Jovens, adultos e até empresas utilizam essa rede social como forma de interação, marketing e outras finalidades. O fato interessante é que através do Facebook é perfeitamente possível entender boa parte do que pensa e como se comporta uma pessoa, instituição, etc. apenas pelo que ela curte, comenta e compartilha, sabia disso?

"Observadores de ânimos" sabem que a personalidade humana se traduz pelo modo como uma pessoa se veste, anda, fala, se expressa e até senta. Em outras palavras, o corpo e seus trejeitos realmente falam! Mas qual seria a linguagem da personalidade na internet? É possível dizer que além da escrita, existe um tipo de linguagem pela qual poderíamos interpretar a personalidade humana por trás da telinha?

Sim, as imagens, fotos, vídeos, cores, estilo de fonte e caracteres compõem a linguagem não verbal humana na internet. No facebook, o que decidimos colocar em nossa linha do tempo é tudo aquilo que de forma direta ou indireta aponta para o modo como pensamos e agimos diariamente. Nossos gostos, preocupações, desejos e habilidades são também representados nesse espaço. Dessa forma é possível saber, por exemplo, o quanto uma pessoa é coerente, se a conhecermos pessoalmente e ao mesmo tempo tivermos acesso a tudo que ela curte, comenta e compartilha nas redes sociais. É possível também observar características muito "sensíveis", talvez, possíveis de serem interpretadas de modo mais abrangente, tais como Timidez, Ousadia, Revolta, Frustração, Ansiedade, Indiferença, Carência, Vaidade, Solidariedade, Egoísmo e tantas outras. 

Qual é a sua personalidade no Facebook? Nem todos são os mesmos da vida real. Alguns utilizam as redes sociais exatamente para expressar uma maneira de vida que não corresponde a sua verdadeira pessoa. Tímidos se tornam extrovertidos, enquanto ousados podem ser omissos. Pacíficos demonstram agressividade, enquanto os violentos podem transmitir a impressão de "paz". Não é a regra, na verdade acredito que a maioria expressa aquilo que realmente é na vida real, embora possam em algumas situações usar os artifícios da aparência para esconder um pouco de si mesmos.

Um fato interessante é que se você tem uma preocupação em ser coerente com aquilo que pensa, acredita e se comporta, e por isso pensa dez vezes antes de curtir, compartilhar ou comentar algo no facebook, é porque provavelmente a sua personalidade na rede social não é a verdadeira (hã?). Ora, a preocupação pode ser um  indício de falsidade, não "consciente", talvez, mas ancorada num possível conflito de aceitação pessoal. Uma qualidade marcante de pessoas verdadeiras é a não preocupação com o que os outros irão pensar, por isso tendem a se expressar com mais "fluidez", sem criar "paranoias" com "pontos e vírgulas" em quase tudo. Evidente que essa compreensão não deve ser levada ao pé da letra, pois o que diremos, por exemplo, de pessoas críticas que tem a cautela como um característica marcante? Evidente que um pouco mais de preocupação faz parte do seu caráter.

Finalmente, a internet nos permite interagir mais com as pessoas, mas ao mesmo tempo abre um leque de recursos capazes de nos permitir, ou tentar, a ser ou não o que realmente somos. Saber que imagens, vídeos, frases e citações são capazes de traduzir um pouco de nós, é legal, porque nos dá a oportunidade de confrontar a nós mesmos, entre a vida real e virtual. Entre assumir nas milhares de curtidas e compartilhadas o que você realmente acredita e sente, ou fazer disso um meio de boicotar sua própria realidade.

Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima