TelexFree, Possível Mentor seria "Especialista" em Pirâmides

 
Sanderley Rodrigues já esteve envolvido em esquema de pirâmide em 2006 e aparece em vídeos como garoto-propaganda.
Na apuração sobre o caso da TelexFree, que corre em paralelo em diversas promotorias de defesa do consumidor do Brasil, o nome de Sanderley Rodrigues de Vasconcelos aparece como o possível mentor da empresa. A promotora Alessandra Garcia Marques, do Ministério Público do Acre, estado que determinou o congelamento das atividades e dos bens da TelexFree, disse que ainda não há provas concretas de que ele seja o idealizador do esquema, mas há fortes indícios. “O nome dele apareceu diversas vezes em nossa investigação e acreditamos que a investigação nos leve ao envolvimento dele com a empresa”, disse Alessandra ao site de Veja.

Sanderley Rodrigues, apelidado de Sann, cresceu em Xapuri, Acre, mas ficou conhecido por sua empresa anterior, a Universo FoneCLub Corporation, fundada em parceria com Victor Sales Brito, nos Estados Unidos. A empresa, que também vendia o serviço de telefonia Voip – o mesmo comercializado pela TelexFree – em 2006 foi alvo de investigação da autoridade reguladora do mercado de capitais americana (a Securities and Exchange Comission, ou SEC, na sigla em inglês). À época, a empresa também foi acusada de criar pirâmide financeira – o que é considerado crime.
 
Com sede em Charlestown, Massachussets, a empresa foi fechada em 2006 e Sann teve os bens congelados. O dinheiro foi devolvido aos “investidores” ao longo dos três anos seguintes – e Sann Rodrigues foi inocentado porque provou que “não sabia que seu negócio, na verdade, era uma pirâmide.” Contudo, nem todos os investidores foram ressarcidos porque muitos estavam ilegalmente nos Estados Unidos e não procuraram a Justiça por medo de serem descobertos. Em reportagem da revista Forbes publicada em 2007, Sann Rodrigues é citado como um brasileiro que atraía para o esquema de pirâmide outros brasileiros vivendo nos Estados Unidos, sobretudo membros de igrejas evangélicas.

Fonte: Veja

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima