Educação Sexual de Crianças nas Escolas - Um alerta para os Pais



Educação sexual ou orientação de comportamento baseado em princípios individuais? Política de prevenção às drogas e doenças sexualmente transmissíveis ou apologia à prática sexual e ao uso de entorpecentes? O alerta da Me. Damares Alves sobre cartilhas para serem distribuídas em escolas públicas, abordando a sexualidade, drogas, comportamento e relacionamentos, não é por acaso. De fato a grande maioria dos pais não conhecem o conteúdo dessas cartilhas, que não tem por objetivo a informação ou prevenção, mas a FORMAÇÃO de valores relacionados à sexualidade e comportamento, um papel que deve ser da família, mas que agora o Estado vem tentando assumir. 

A gravidade dessas informações eu já conhecia, mas apenas por escrito. Esse vídeo mostra como a educação pública no Brasil vem sendo manipulada por um grupo (partidos?), cujos ideais não tem a ver com informar, mas sim DOUTRINAR crianças a partir dos 04 anos de idade. O maior problema, dentre outros assuntos, está no fato do Estado interferir em questões que dizem respeito à familia, sua cultura e educação/valores próprios. Diferente do que alguns pensam não se trata de prevenção, mas sim formação de personalidade.

Deixo para outro texto uma abordagem mais detalhada desses fatos sob a “luz da Psicologia”, para que o leitor entenda que não há consenso entre os educadores e profissionais das ciências comportamentais quanto à conveniência desses conteúdos, muito menos de sua validade científica. Desta vez quero apenas divulgar, contribuindo para que chegue até você uma visão diferente do que vem acontecendo na educação de crianças no Brasil.

Desconsiderando, portanto, no momento qualquer abordagem psicológica que poderia fazer a respeito dos assuntos tratados, quero também deixar claro que apesar do vídeo associar ao povo cristão e especificamente a igreja evangélica, evidentemente devido a natureza do evento, acredito piamente que o conteúdo na verdade é de interesse de todos os cidadãos, independente de credo e valores. Por isso recomendo aos que acharem relevante estas informações, compartilharem, divulgar ao máximo, para que o maior número possível de cidadãos tenham a oportunidade de formar suas opiniões levando em consideração entendimentos diferentes, e não apenas o que é veiculado na mídia privada.

Infelizmente a "máscara" social imposta por uma parcela barulhenta da mídia "anticristã" leva a muitos que "conhecem" o cristianismo apenas de ouvir falar, fazer julgamentos ignorantes, advindos de um preconceito histórico, tão bem enraizado que é praticamente impossível "desconstruí-lo" com alguns comentários, que dirá de um pequeno texto como esse. Mesmo assim, acredito no bom senso de pessoas criteriosas que analisam multifatorialmente elementos no fim de tomar um posicionamento. 


Finalmente, não concordo com 100% do que é defendido no vídeo, por entender que o fator emocional interferiu um pouco na exposição de dados, mas por já conhecer a filosofia por trás dessa realidade, tenho confiança em quase todo o seu conteúdo. Vejam abaixo:


Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima