05 Erros Fatais das Mulheres com os Homens




Recentemente escrevi 05 Erros Fatais dos Homens com as Mulheres, dessa vez será o contrário, são os cinco erros fatais das mulheres com os homens que você irá conhecer. Acompanhe:

01 – Mulher Fácil de Conquistar

Está pensando que este erro só acontece antes da relação? Não se engane! A conquista é uma necessidade constante na vida de qualquer casal, mesmo para os casados durantes anos. Existe uma característica masculina muito peculiar que acredito, talvez, ser mais aguçada do que nas mulheres; é justamente o sentimento de conquista. O homem que não vê na mulher a necessidade de “agradar” para tê-la, está fadado com o tempo a não criar mais expectativas. Já viu um animal caçando sua presa? Algumas (presas) se fingem de mortas, pois sabem que o seu predador irá possivelmente rejeitá-las. Elas sabem que “carne morta só agrada ABÚTRES” (isso explica alguma coisa?)! Portanto, saiba também resistir, entrar no jogo da sedução, explorar o “instinto” caçador do seu homem, testar suas habilidades e necessidades, provocar e não ceder, deixar que ele te “cace”;

02 – Demonstração Exagerada de Afeto

Trágico! O motivo é simples e tem haver com o erro anterior; os homens gostam de ser testados. Enquanto a maior necessidade da mulher no quesito relacionamento é a certeza do cuidado e afeto, a do homem é o desafio da conquista e o sentimento de merecimento. Como aguçar isso no seu homem se você parece uma “manteiga derretida” 24h ao lado dele? Ora, não estou dizendo para não manifestar carinho, afeto, palavras de amor, pois estas características são necessárias e importantes também para o homem, muito menos para ser ignorante, fria, apática (arck!), mas quero dizer que existe um limite, uma medida certa em cada homem e isso precisa ser respeitado caso queira obter dele uma maior valorização;

03 – A Mulher “Delegada” ou “Chiclete”

Estou para ver um homem que sinta orgulho de ser, literalmente, “perseguido” pela mulher, ou que tenha nisso algum motivo de prazer. Pelo contrário, vejo homens profundamente chateados, irritados, decepcionados com a relação de desconfiança que suas mulheres desenvolvem. O efeito disso não poderia ser outro, senão o negativo! A mulher que “persegue” o homem liga várias vezes por dia, monitora suas amizades, verifica sua caixa de mensagem, ligações, ler seus emails, liga para os amigos para confirmar o local em que ele está, escreve “Eu te amo” com o nome em todos os objetos pessoais dele para “demarcar território”, monitora as redes sociais, etc. Trágico! Vou explicar os motivos:

ü  Ao fazer isso você demonstra insegurança e a mensagem que passa para ele é a de que não o merece, não é suficiente para ele. Acredite; um dia ele irá, inconscientemente, assimilar esta sua sugestão contínua e a coisa ficará muito pior;
ü  Sendo assim, você desperta no outro o que podemos chamar de “atração pelo proibido”, que nada mais é, na maioria das vezes, a curiosidade aguçada pela ênfase no “desconhecido” (dentre outras coisas). Cuidado, pois essa é a consequência mais comum;
ü  “Saco cheio”. Não há homem que agüente minha querida, cedo ou mais tarde ele vai “chutar o pau da barraca” ou, no mínimo, canalizar essa frustração arrumando alguns escapes (Ui!)

Antes de finalizar esse ponto, quero frisar para os casais iniciantes que no começo esse ciúme compulsivo da mulher delegada parece algo “bonitinho”. O homem geralmente não se importa, acha um “charme” (“olha como ela gosta de mim”), mas é só no começo, depois de alguns anos, acredite, se o relacionamento não tiver terminado, estará completamente prejudicado e desgastado.

04 – A Mulher Mamãe

Trágico! Como se não bastasse alguns homens projetarem na mulher a figura de suas mães (no sentido de cuidado), muitas mulheres acabam por assumir esse papel, mesmo sem perceber. No relacionamento o bom senso é um ingrediente fundamental. Não deve haver obrigações, mas sim relação consensual. A deficiência de alguns casais está no fato da mulher querer, ou se sentir obrigada a fazer tudo para o homem, cuidar dos mínimos detalhes, como se ele fosse incapaz de, por exemplo: colocar a própria comida, varrer a casa, colocar a roupa suja no cesto, levantar a tampa do vaso para urinar, “colocar ou tirar” os pratos da mesa, forrar a cama, guardar os sapatos, lembrar de estudar, acordar para o trabalho, lembrar da inscrição, lembrar de deixar a mulher em casa, lembrar que a mulher está com frio, fome, calor, sede, etc. Lado a isso, muitas manifestam aquele sentimento carinhoso, porém, com gestos e tom na linguagem do “manhês”: “Meu cuti, cuti, lindo”. O resultado é que com o tempo você correrá o risco de transmitir valores afetivos de uma CUIDADORA, e não da mulher propriamente com quem o cara deva sentir atração sexual. Cuidado!

05 – A Mulher “Fixação”

Este é um dos piores erros que a mulher pode cometer. A fixação aqui não se trata apenas de ficar “no pé” do cara, mas também de não conseguir tomar rumo, se desprender de um relacionamento ou paixão frustrada, em outras palavras; é a mulher que não se valoriza, ao invés disso, permanece fixa em sua frustração reclamando de Deus e o mundo. Esse é o tipo de mulher fácil de ser “aproveitada” por muitos homens, pois se não “serve” para ser amada, servirá para fazer favores (de todos os tipos). Logo em seguida é deixada de lado, pois sua fixação lhe torna vulnerável, insegura, ansiosa, instável, possessiva, e não é esse o tipo de mulher que atraem os homens para relacionamentos duradouros. 

Amigos existem vários outros pontos que poderiam ser comentados, mas por enquanto ficamos nesses cinco erros. Perceba que todos tratam, especificamente, de aspectos comportamentais envolvendo o caráter, aprendizados, valores e experiências da mulher, o que torna a situação as vezes bem difícil. Não podemos generalizar, claro, mas acredito que boa parte dos erros cometidos pelas mulheres com os homens se enquandam, como uma espécie de variante, nestes quesitos acima. Se você gostou do texto, deixe seu comentário logo abaixo, será um prazer conhecer sua opinião.

Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima
Joseane
22 de janeiro de 2013 14:53

MUITO BOM ESSE TEXTO... TÔ AQUI PENSANDO SE ME ENQUADRO EM ALGUNS DESSES QUESITOS!!! KKKK

Resposta
avatar