QUAL É O VALOR DA SUA IMAGEM?

Você não é o que é, acredite, você é o que os outros vêem e pensam sobre você. Embora tenhamos convicção do que, e quem somos, na prática quase sempre somos a imagem daquilo que os --- outros --- vêem em nós. Mas a pergunta é; qual é o valor da imagem que os outros vêem em você?

O valor de sua imagem é o que conta no dia-a-dia e, este valor é a cada instante “cotado” por você mesmo(a) através de suas atitudes e pensamentos, se moldados ou não por você ou pelos outros. Da sua imagem depende a conquista de um bom emprego, relacionamentos, o respeito pelos colegas, pela família e até mesmo desconhecidos.

O valor da sua imagem é o custo dos seus objetivos. Para alguns construir uma imagem de torcedor fanático é o bastante, consequentemente toda a sua vida será atrelada a essa imagem, seus relacionamentos, opções de lazer, filosofia de vida e até o tipo de emprego. Você pode ser um Advogado, mas será conhecido por “aquele advogado fanático por time X” Essa é a sua imagem.

Nossa imagem fala muito de nós. Além, claro, do modo como nos vestimos, andamos, falamos, expressamos, o modo como nos relacionamos é o fator crucial na formação de uma imagem. Se você é uma pessoa abusada, bem-humorada, séria ou tímida, não importa, cada um tem sua maneira de ser, mas a verdade é que muitas vezes construímos uma imagem sem perceber os contornos e conseqüências que ela nos trás, nesse caso o importante é pensar se a sua imagem esta sendo compatível com os seus objetivos. Para identificar isso você precisa fazer um comparativo do que os outros pensam de você e o que você pensa sobre você mesmo(a). Feito isso, cruze as informações com toda a sua vida, seus costumes, relacionamentos, filosofia, trabalho e profissão. Qual será o resultado final? Nesse momento perceba que o valor da sua imagem é não apenas o custo dos seus objetivos, mas também a compatibilidade do modo como os outros te vêem e você se vê, pois quanto mais harmonizadas essas “impressões”, significa que mais sucesso e convicção você tem (ou terá) no custo dos seus objetivos.

A imagem da qual eu falo não é uma imagem política, artística ou profissional apenas, mas uma imagem pessoal, de caráter, atitudes e convicções. Se por um lado as vezes precisamos construir imagens diferentes para situações diferentes, por outro, muitas vezes somos prejudicados por isso, por criar falsificações de --- atitudes  --- que nem existem, ou melhor, existem apenas enquanto imagem...

Penso que o valor de nossa imagem é o custo dos nossos objetivos, a medida e o grau de como os outros nos vêem e a compatibilidade de nossa personalidade em resposta a isso. Esse é o verdadeiro valor de sua imagem enquanto SUJEITO...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima