Super Homem e Jesus Cristo - Ocultismo ou Fantasia?


Coincidência ou Ocultismo?

Já imaginou um Jesus que teria praticado relações sexuais, tido um filho e abandonado a mulher, para depois de 5 anos voltar, encontrando-a casada e ainda tentar seduzi-la?
Quando criança quem nunca amarrou uma toalha ou lençol no pescoço e fez de tudo para voar? Se jogava dos sofás, das mesas e dos galhos de árvores tentando imitar um dos heróis mais famosos da imaginação, o Super Homem. Eu também sempre fui fã do super homem e me diverti bastante ao ver suas aventuras, porém nunca pude imaginar a sublime relação que há na história do “homem de aço” e Jesus Cristo. Nunca até que depois de anos sem qualquer contato com suas histórias tive a oportunidade de assistir ao seu "novo" (nem tão novo agora) filme, sendo nesta versão que pude ver claramente que a ideologia do personagem Super Homem é, na verdade, uma profanação a vida de Jesus Cristo.

Adescaracterização de Cristo” que as filosofias ocultas tentam (a maioria por falta de esclarecimentos) realizar não é material (como foi no passado com a destruição de bíblias e perseguição em massa aos cristãos), mas sim ideológica. É a destruição do que o Cristo representa, sua divindade, autoridade e até mesmo exclusividade. É a tentativa de substituição de um Cristo histórico, por um falso cristo que não é o Deus revelado segundo os ensinamentos do próprio Messias, mas inventado pela imaginação humana!

Tenho recebido algumas mensagens de pessoas confirmando a associação da figura do Superman com o Cristo, dessa vez ainda mais explícita no último lançamento do filme. No entanto, uma vez já confirmada que a vida do personagem possui, de fato, ligação com a história cristã, sabemos que é possível identificar as similaridades em qualquer um dos filmes lançados. Para efeito de recordação, considerando aqueles que ainda não viram a mais recente versão do filme, faço abaixo uma demonstração do paralelo "subliminar" entre Jesus Cristo e Superman no filme "Super Homem. O Retorno".

A versão começa dizendo: “No condenado planeta Krypton um grande cientista pôs o filho ainda bebê numa espaçonave e o enviou a terra. Criado por um gentil fazendeiro e sua esposa, o menino cresceu e se tornou nosso maior protetor: Superman”

Compreenda:

A bíblia sugere que o pecado teve origem não na terra, mas sim numa outra "dimensão da existência" (céu, reino celestial, etc.), através de uma criatura conhecida popularmente pelo nome de Lúcifer (apesar da palavra Lúcifer na bíblia não se referir exatamente à uma pessoa, mas sim a uma condição). Reza também algumas correntes teológicas que foi depois disso que o até então anjo, Lúcifer, teria sido destituído do reino celestial, sendo reservado para julgamento numa época futura. Perceba que a frase no condenado planeta faz alusão a este fato, o surgimento do pecado e a condenação do que para Teologia Tradicional representaria uma terça parte dos anjos de Deus, segundo interpretação do Apocalipse. Ou seja, o “mundo angelical”. Entenda que a visão de alguns segmentos espíritas (maioria) acredita que Deus é um ser evoluído de outro mundo, também mais evoluído que o nosso. Para tais segmentos, Cristo foi apenas um ser/espírito evoluído que veio de um outro planeta para ajudar os humanos a encontrar o “caminho de luz”, a evolução. Então perceba que o planeta Krypton representa este suposto outro mundo, onde seria o reino de Deus. O “grande cientista” faz o papel de Deus enviando seu único filho a terra para que ele cresça e se torne o “Messias”, isto é: aquele que irá cumprir a missão de levar os humanos a “evolução”.

A nave possivelmente faz parte de outros entendimentos místicos que afirmam terem vindo seres evoluídos a terra em épocas primitivas (Eram os deuses astronautas?)! Veja que há uma interação de várias filosofias místicas sobre a vinda de Cristo e sua origem que se encaixam plenamente no trecho do filme apresentado acima. O casal de pessoas simples que cuidam do Superman fazem alusão ao José e Maria da bíblia. Pessoas simples que receberam também um filho “vindo dos céus”.

Observe ainda como diz o filme: “Farei da minha força, a sua, e verei a minha vida através dos seus olhos, assim como a sua será vista através dos meus” O que isso nos faz entender? Obviamente o mesmo conceito de unidade que há entre Cristo (filho) e Deus (Pai). Esse trecho são palavras do pai do Superman, Jor-El, o suposto “grande cientista” dizendo a ele sua missão de ir para um planeta distante. Essa declaração é tão bem relacionada a Jesus Cristo que no final ele diz que “O filho transforma-se no pai e o pai transforma-se no filho” (...).

Agora note o que adiante o pai do superman diz a respeito dele: “Apesar de Ter sido criado como um ser humano, não é um deles. Eles (os humanos) querem ser ótimas pessoas, só lhes falta Luz para mostrar o caminho. Por esta razão, da capacidade deles para o bem, eu o enviei a eles, MEU ÚNICO FILHO". Agora leia a passagem bíblica escrita em João 3:16-17 e veja a semelhança:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17v
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

João 3:16-17

Finalmente, quanto ao Superman e seu pai é nítida a mensagem "subliminar" posta com o objetivo de profanar a imagem do Cristo e Deus bíblico. Já imaginou um Jesus que teria praticado relações sexuais, tido um filho e abandonado a mulher, para depois de 5 anos voltar, encontrando-a casada e ainda tentar seduzi-la? É exatamente isso o que faz Superman no filme, querendo transmitir um conceito (antigo por sinal) de que o Super Herói (leia-se: Jesus), não é apenas susceptível aos mesmos desejos e erros dos humanos, mas também experimenta todos eles.

Em face desses relatos e outros possíveis de perceber por associação, podemos entender que Superman é uma versão mística/espiritualista e ufológica da vida de Cristo ocultada por uma história infantil muito bem planejada. Lembro a vocês que o significado de ocultismo é: "aquilo que esta em secreto, escondido ou simplesmente disfarçado...", por isso não é nenhuma surpresa que tais conceitos passem despercebidos aos olhos de muitos.

Lembra do FOFÃO? Na imagem acima o que segurava sua cabeça era um punhal!
Eu já tive um fofão quando criança e no meu também tinha um punhal. Lembro exatamente como essa descoberta foi assustadora!

Abraço e até a próxima...

COMPARTILHAR

Edição:

Somos uma mídia independente, oferecendo conteúdo com perspectiva cristã através de comentários sobre notícias do Brasil e do mundo. Para apoiar, compartilhe nossos textos e curta a página no Facebook.

Anterior
Proxima
Enio Gomide
20 de outubro de 2009 23:05

o intuito aí é claro a tudo isso que foi explanado é real " desacreditar a Cristo" - mas pasmem.... o filme - batman o cavalheiro das trevas, é bem mais cínico, vejam à luz da bíblia - total blasfemia - aos filhos de Deus que compreendem o conflito desse mundo não passará desapercebido - quase todo o sistema cinematográfico dos EUA é luciferiano.

Enio Gomide - Teresina - PI

Resposta
avatar
21 de outubro de 2009 16:12

Olá Enio, não parei para observar o Batman com outros olhos, mas pelo seu comentário vou prestar atenção, agora quanto a produção cinematográfica dos EUA posso lhe dizer que temos uma bem pior ou igual aqui no Brasil, vocÊ sabe qual é? rsrs...

Obrigado pelo comentário e abraço.

Resposta
avatar
Anônimo
9 de fevereiro de 2012 11:16

bom eu acho q possa ser verdade por que tem tantas gentes ai passando o mal pra pessoa pq não super man ser basear no bem a final nois precisamos de uma luz para ser espira no bem essa luz não por fato de vim de um filme e sim do poder maior e verdadeiro deus e a luz que todos espera.

Resposta
avatar
12 de fevereiro de 2013 10:18

"O nome do pai de Kalel é Jor-el , como em hebraico não existe uma letra que represente o "j" , o nome , se for em hebraico seria "Yor-el" , viria da palavra "yorah" que era o "pai de família" pós-exílio, + a palavra "el" , seria algo como "deus pai" - http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20071016111306AAC1Vra

Resposta
avatar
14 de fevereiro de 2013 07:35

Excelente observação Salmo Cabral, obrigado!

Abraço.

Resposta
avatar
Paulo
13 de julho de 2013 10:11

Vi o novo filme ontem e li sua critica. Mas acho que estás apenas, fazendo chover no molhado. Essa analogia já existe desde o inicio, é claro que agora ficou mais evidente, e mais bem produzida. A crítica não pode ser confundida com negativismo. E se existia algum ocultismo agora já não existe mais. Esse filme como outros deixa claro a força que tem a mensagem de Jesus Cristo, e o quanto ela é importante para a humanidade.

Resposta
avatar